Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2011

Dia 24 de Novembro

Hoje, estou mesmo indignada!
Então o Sr. Dr. Mário Soares e os seus compagnons de route, deixaram que o então P.M. Sócrates:-
1- fizesse o que queria e lhe apetecia, ofendendo tudo e todos
2- deixando o País chegar ao ponto de não ter dinheiro para salários
3-Querendo aprovar o PECK 4, sem pedir dinheiro, e não o tendo, para cumprir com os deveres do Estado.
4- Deixando que os seus amigos fizessem toda a espécie de negócios com o dinheiro do Estado e com o Estado e,
5- Que tendo havido eleições, tenha tido uma grande derrota... Agora, então
O Dr. Mário Soares já não respeita o voto popular, já deixou de ser democrata? Já esqueceu que antes do 25 Abril, só os apaniguados do regime eram os queridos?.
Já esqueceu que teve que ir para São Tomé?
E, agora, não quer respeitar o que os Portugueses decidiram em eleições livres?.
Pareceu-me muito mal que se tivesse mantido num sîlêncio, não perturbador , perante Sócrates, tendo em conta os caminhos turtuosos por onde se caminhava e, agora, apó…

Bons resultados

Hoje os senhores da Troika disseram que Portugal está no bom caminho!
Enfim temos muitos sacrificios e muita falta de dinheiro, mas podemos ir andando e a crise lá para não sei quando vai desaparecendo.
Fico com tudo isto abismada, com o desplante dos socialistas que são os principais culpados de tudo isto e continuam a ofender que nos governa neste momento, sem ter o menor pejo e vergonha de tudo o que fizeram e nos deixaram.
Há, nestes todos senhores, dois que eu acho que os mesmos pensam que nós somos todos idiotas. São eles o Paulo Campo das Obras Públicas e o Basilio Horta do ICEP.
O B.H. está possesso, não aceita ter saído do lugar que tinha e está capaz de desancar tudo e todos, o Seguro que se acautele que ele qualquer dia desanca-o no Parlamento.
O das obras públicas quer fazer-nos acreditar nas patranhas que engendrou e não desiste... só dá para rir , não fora o assunto tão grave.

Orçamento de 2012

Imagem
Hoje foi votado na generalidade o orçamento de estado para 2012. O PS absteve-se e o orçamento foi aprovado com os votos da maioria PSD/CDS.
Vai ser uma tarefa muito dificil para o Governo e para os Portugueses o cumprimento deste orçamento. Vamos passar por grandes dificuldades e por turbulência das pessoas que  sentem que estão a ser alvo de injustiças.
Tenho para mim que todas as dificuldades que vamos passar e sentir, serão muito menores do que se adivinha com o crise da zona euro.
Com tanto tratado mal digerido e mal executado, com um Banco Central que , até agora, só tem feito disparates, salvo a descida das taxas de juro que ocorreu logo que o novo presidente do Banco Central tomou posse. Estes senhor parece-me muito mais aberto ao mundo e aos problemas da economia mundial. Espero que seja capaz de ultrapassar os tratados e começar a emitir moeda, como hoje disse Paul Krugman, senão vai tudo ao fundo.
É preciso ter muita esperança e confiança em quem nos governa, mas... a falta…