Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2012

Trabalho, em vésperas de Semana Santa

Imagem
O trabalho dignifica as pessoas!
Mas quando se trabalhou uma vida inteira e perto dos 70 ainda se trabalha como se tivesse 30 é obra!
Graças a Deus que a saúde tem ajudado apesar de todas as meleitas.
Sem dúvida o trabalho feito por quem se sente ligado a Nossa Senhora é mais fácil.
Mas hoje terminei!

Do século XXI para o século XVIII

Nem sempre , nem nunca !
Com os aumento das dificuldades a todos os níveis, cada vez se sente isso no convivio e no trabalho diário.
Como todos dizemos o dinheiro não estica e além de não esticar , como  o IVA aumentou em muitas coisas , a carteira cada vez fica mais vazia.
Não dizendo nós que os rendimentos também diminuiram, não só pelo aumento dos impostos, como também por que quem procura serviços prestados por outrém, ou não tem dinheiro para pagar ou não aparece.
Assim estamos no dilema de não haver dinheiro de espécie alguma.
Resultado: A luz vai deixar de ser paga, a água a mesma coisa, as rendas e as prestações aos bancos vão deixar de ser cumpridas. A alimentação vai ser cada vez menos...
Voltaremos à luz das velas e dos candeeiros, ao carvão para cozinhar e nos aquecermos, a água teremos que ir
às fontes que existem para nos podermos lavar , cozinhar e beber.
Assim no século XXI vamos regressar ao século XVIII...
Isto, se no meio de tanta falta, não acontecer algum desastr…

Jesus e Maria

Imagem
Neste tempo  da Quaresma, tempo de interioridade e de ligação a Jesus é altura de nos sentirmos mais perto da Cruz.
A Cruz que simboliza o sofrimento de Cristo, como prova de humildade e de Amor pelos homens, significa também a redenção e a salvação de cada um.
Vivendo este período, com modéstia, com sacrificio de alguns dos nossos gostos principais, cumprindo a lei da Igreja e a lei de Deus, ficaremos mais fortes para enfrentarmos o resto do ano.
Viver com intensidade estes dias só nos pode ajudar a ficar mais próximo de Jesus e de Maria.
Maria que viveu todos esses tempos com uma grande emoção de Mãe e com a certeza de que Jesus era o filho que o Pai enviou à Terra , por intermédio dela, foi o exemplo da mãe e da mulher que aceita,não verga , não se assusta e enfrenta com determinação todos os acontecimentos.
O seu exemplo, para nós mães e mulheres, só pode ser o nosso guia.
Dificil é concerteza, falhando certamente, mas com o propósito de sermos um pequeno(pequenissimo ) exemplo do…

As lojas do centro histórico

Imagem
Hoje ao atravessar algumas ruas do centro histórico de Évora, constatei com tristeza e apreensão que uma grande parte das lojas já fecharam.
Comércio de roupa, de sapatos, de jornais, pastelaria... portanto atingindo  um grande leque do comércio tradicional.
Por uma das ruas por onde passei , já são muito mais as que já fecharam do que as estão abertas.
Dá que pensar  e repensar.
Será que com este cenário de dificuldades , onde a cobrança de impostos vai descer drasticamente, onde a segurança social vai ser sobrecarregada com subsídios de desemprego e todos com menos rendimentos, vamos conseguir pagar o que nos  estão a emprestar?
Realmente é preciso um P.M. ser muito corajoso para enfrentar este tsunami em que nos deixaram. Não sei mesmo se as classe média/alta vai aguentar tudo isto. Se os bancos não puderem ajudar as empresas  em nome individual, as pequenas empresas e as médias, bem como os particulares, descendo juros e facilitando o pagamento das dívidas no tempo . É mesmo neces…

O preço dos medicamentos e não só

Imagem
Não sei se as pessoas já repararam no preço actual dos medicamentos.
Eu, já reparei, pois sou consumidora de todos os dias, não por gosto, mas por necessidade.
Acontece que a minha conta da farmácia diminui drasticamente.
Não só porque os genéricos diminuiram, mas os outros também, pois o preço de referência diminuiu.
Mas só oiço falar do que está errado e está a correr mal. Todos criticam porque têm que criticar. Ninguém mesmo da área da governação consegue com brilho dar um pequeno elogio ao trabalho que está a ser feito.
Chegámos a este ponto e os culpados são muitos, começando pelos votantes e contribuintes.
Ninguém com um pouco de capacidade foi capaz de elucidar os portugueses para eles se alertarem. A comunicação social, praticamente, toda de esquerda, fez sempre o jogo da dita, quer quando os governos eram socialistas , quer quando eram sociais democratas.
O Dr. Medina Carreira e o Dr. Hernâni Lopes, sempre tiveram um discurso coerente e nos alertaram. Mas logo de seguida vinh…