Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2013

Mãe

Passam hoje 4 anos sobre a morte da minha querida mãe.
Têm sido dias dificeis.
A sua ausência fisica causaou-me muita perturbação.
A minha mãe sempre me pediu para não chorar a sua morte, pois ela ia para junto de Nossa Senhora e ia encontrar-se com o meu pai e ia feliz.
Mas não têm sido anos fáceis.
Sei que a felicidade dela me devia fazer feliz, mas não tenho conseguido....

Fica a Oração que a minha mãe rezava todas as noites e sempre que estava comigo na hora de dormir, bem como com os netos e bisnetos.

ORAÇÃO AO ANJO DA GUARDA

Santo Anjo do Senhor;
meu zeloso guardador,
já que a ti me confiou
a piedade divina,
sempre me rege,
guarda, governa e ilumina.
Amém

Fogos

Incêndios todos os dias, que se apagam e que se reacendem.
Portugal a perder floresta e a ficar cinzento.
Tantos meios utilizados , tantos homens e mulheres bombeiros, helicópteros, militares e civis. Todos os dias novos incêndios.
Uma bombeira de 24 anos, de seu nome Ana Rita, ficou no meio das chamas.
Viaturas queimadas, homens queimados, alguns com gravidade.
Um Agosto triste, quente, muito quente e pessoas más e outras inconscientes a provocarem alguns destes incêndios.
A lei não permite grandes punições nestes crimes, mas o que era necessário, era tratar todas estas pessoas que gostam de ver as chamas, isto é uma doença e precisa tratamento.~
Infelizmente o tratamento psiquiátrico em Portugal não é feito da melhor maneira. É urgente rever o modo de tratar os doentes do foro psiquiátrico. Este será um pequeno passo na prevenção de alguns destes graves acidentes.

Agosto

Apetece-me dizer que estou triste e sem vontade de trabalhar...
Mês de Agosto é mês de férias mas para mim é mês de outras coisas, principalmente as que me lembram coisas tristes, não gosto de Agosto.
Estou sempre desejando que passe.
E, é sempre quando se dão acontecimentos inesperados e desagradáveis.
Mas é vida é bela, e só temos uma, olhar em frente e com objectivos é o que vou tentar fazer.
Tormentos , trabalhos e preocupações são componentes da vida de cada um.
É dificil por vezes ultrapassar , mas nada é impossível fazer quando a vontade se sobrepõe ao pessimismo.
Irei então olhar em frente e não vacilar.
Ajuda-se Senhor!

Pai

Podem passar muitos anos, mas o dia 17 de Agosto, está marcado em mim, como o primeiro dia que senti um grande desgosto e uma grande perda. Tinha sete anos e o meu pai tinha acabado de falecer. Foi nos meus braços. Gritei-lhe aos ouvidos e agarrei-o com toda a força. Ficou gravado para sempre na minha memória todo esse dia.
A minha vida ficou marcada por este acontecimento. Daí para a frente nada seria igual ao que já tinha sido...
Graças a Deus tinha uma mãe forte e segura. Foi daí em diante a minha âncora.
São os nossos pais o melhor da nossa vida.
A seguir vem a família que nós constituímos mas a base está na primeira família.

Não quero acreditar

Leio coisas que nem quero acreditar no que leio...
Queixam-se pessoas de que não há democracia dentro do PSD, pois este encontra-se dominado por associações secretas e pelo CDS....
Pensar eu que já assisti num passado não muito recente as situações em que os Conselhos Nacionais duravam 1 hora e não havia ninguém para se inscrever e falar. Era só a voz do chefe e dos apaniguados (de má memória diga-se)e nao ouvi estes senhores dizerem nada.... pelo menos é estranho ou não será?
Serei eu que certamente sofre de alguma doença que me perturba o pensamento e a razão...
O tempo e a história, já não no meu tempo, se irão fazer e ver-se-ão com toda a certeza as diferenças e as posições de cada um.
Razões que a razão desconhece!
Apesar de estar muito cansada, não consegui deixar de desabafar a minha estupefação.

15 de Agosto

Mais um 15 de Agosto.
Data que para mim me traz muitas lembranças ao longo de toda a minha vida.
Lembranças da infância, da juventude e da vida adulta.
Todas com muito significado.
Uma delas a de uma noite (juventude)que foi noite de vigilia e oração com a família de Schoenstatt em Portugal. Passou muito rápida e senti uma grande união com Nossa Senhora.
Neste momento não teria força física para tal.

o normal e o seu contrário

Férias tenho, férias não tenho.
Confusão das confusões.
Queria estar onde não estou e estou onde não queria.
Há anos assim , meses, dias, horas, minutos e segundos.
Tudo parece normal, mas nada é normal.
Tudo parece feio mas de repente torna-se bonito.
Tudo parece igual mas de um momento para o outro aparecem as diferenças e por vezes inesperadas e sobretudo agradáveis.
A vida é isto e muito mais.
Feita de normalidade e anormalidade, feita de contraste, feita de alegria , feita de tristeza, feita de risos , feita de lágrimas, feita de conforto, feita de desconforto... Por tudo isto se passa e não e dá conta e por se haveria de dar?